Esporte


Publicidade
Publicidade


09/03/2017 08:11

Mundo do MMA invade a Capital Cearense



Do Diário do Nordeste

Foto: UFC

A espera foi grande, mas deu para sentir, durante o treino aberto realizado nessa quarta-feira (8), no Shopping Iguatemi, o que vai ser o clima do UFC Fortaleza, marcado para acontecer no próximo sábado (11), no Centro de Formação Olímpica (CFO), a partir das 20h30.

Quase mil pessoas, de acordo com a assessoria de imprensa do estabelecimento comercial, estiveram no local para acompanhar a exibição de grandes nomes do MMA, que estarão em ação no evento internacional promovido pela maior organização de MMA do mundo.

E quem levantou o público foi o grande protagonista do card principal: Vitor Belfort. O peso-médio e ex-campeão do UFC mostrou que está em forma e pronto para o combate contra o americano Kelvin Gastelum. Após a exibição, ele mandou um recado especial para os fãs.

"A energia desse público é a nossa gasolina. A coisa mais rica que o Brasil tem é o povo. Um povo alegre, feliz e principalmente aqui no Nordeste, que tem um pessoal muito caloroso. Quero agradecer ao carinho de todos vocês... Sábado estaremos juntos lá, lutando e é isso aí, Brasil. Vou dar o meu melhor, é o que eu prometo a vocês e se Deus quiser vamos conquistar a vitória", disse o lutador.

'Vai, Safadão'

Como não poderia deixar de ser, Kelvin Gastelum deu um show à parte com o seu carisma. O rival de Belfort trabalhou com o renomado mestre Rafael Cordeiro, da equipe King MMA, e seus auxiliares, mas acabou não resistindo quando o público pediu para que ele cantasse as músicas do artista Wesley Safadão, de quem é fã declarado.

Outro grande momento do treino aberto foi quando Beth Correia homenageou o público feminino depois da sua performance. "Obrigada, Fortaleza, por me dar esse presente. Feliz dia das mulheres para todas. Eu estou aqui, representando vocês. É muito difícil ser mulher, a repressão é muito grande, mas a gente está aqui batalhando. Então, continuem guerreiras".

'Huuu, vai morrer'

O clima também foi de provocação, mas em tom amistoso, com o peso-meio-pesado Gian Villante, adversário do brasileiro Maurício Shogun Rua, que também participou do treino. Aos gritos de "Huuu, vai morrer", grito de guerra conhecido da torcida brasileira no UFC, o americano se mostrou tranquilo e levou na esportiva. "Eu adoro a paixão que os brasileiros têm por este esporte. Então, podem continuar".

Mostrando boa performance e bom preparo físico, o peso-leve Edson Barboza (5º do ranking da categoria) também arrancou aplausos da torcida. A programação segue nesta sexta (10), com a pesagem e encaradas dos atletas, no CFO, a partir das 16hs. O ingresso pode ser trocado por um quilo de alimento não perecível na loja do UFC, no Iguatemi.

.

 

.





Enquete


Publicidade

Redes Sociais